Categorias
INFORMATIVO

Contabilidade Como Sistema De Informação

A contabilidade permite que o proprietário faça uma gestão com aproveitamento total dos recursos da organização, tanto os físicos quanto os humanos. Isso contribui para uso inteligente de dinheiro, ou seja, as chances de gastos desnecessários são quase nulas. Administrar os números de uma organização, além de evitarem falências e erros como falta de capital de giro, contribui para que uma empresa cresça, permaneça no mercado e aumente os lucros. Sabia que a contabilidade permite que você se antecipe a problemas e até a erros de análise de números? Com as práticas corretas você consegue tomar as decisões mais acertadas, por exemplo, quando souber que haverá um gasto maior em determinado momento. Isso facilita, inclusive, na credibilidade da sua empresa perante o mercado e investidores. Com os números e a previsão em mãos, você pode mostrar o potencial real do seu negócio no futuro.

Neste quesito, os profissionais fornecem informações e assumem um papel ativo nas decisões rotineiras do negócio. Pode parecer claro para o contabilista, mas fazer os gestores entenderem a importância da contabilidade gerencial é um desafio, pois muitos ainda acreditam que soluções caseiras, como planilhas, resolvem o problema. Muitos profissionais ainda desconhecem a funcionalidade da contabilidade gerencial e a importância que ela tem na tomada de decisões dos processos da organização. A estratégia surgiu nos anos 80, nos Estados Unidos e se tornou mais popular quando os softwares começaram a implantar melhorias de qualidade para aumentar o lucro da empresa.

Identificados os aspectos históricos relativos ao ensino da Contabilidade nos trabalhos analisados, a seguir será oferecida a evolução histórica e cronológica da legislação localizada e estudada. O “pano de fundo” é a identificação e apresentação de eventos econômicos, políticos e sociais, ocorridos a partir do início do século XIX, que afetaram essa evolução. Um aspecto perceptível nos trabalhos históricos desenvolvidos a partir do século XXI é a importância do ensino e de suas condições de oferta, para atender à crescente demanda por profissionais mais qualificados, para atuar numa economia que, ao longo do século XIX ensaiou seus primeiros passos e, desde o século XX, busca sua consolidação.

contribuição da contabilidade no Brasil

Associados Gbrasil

Esse decreto definiu que os indicados seriam avaliados pelo Governo Imperial e que, não existindo substitutos, haveria concurso público para o provimento dos cargos, nas condições ali previstas. Ericeira citou a impossibilidade de haver as Aulas de Comércio antes de 1808 e relatou as condições de realização dessas primeiras Aulas no Maranhão, a partir de 1811, e a suspensão das Aulas pelo Governo Imperial, na década de 1820, pela constatação da incapacidade do professor designado para ministrá-las. As assertivas de Saes e Cytrynowicz e de Ericeira comprovam-se pela análise do Decreto sem número, de 2.08.1831, que restabeleceu a Aula de Comércio na, então, cidade do Maranhão. Schmidt (2000, p.12) assevera que a Contabilidade se manifestou antes do homem desenvolver a civilidade. Assim como o homem progrediu, também a Contabilidade, necessária ao progresso da humanidade, perseguiu essa evolução. Para o autor (op. cit.), isso revela que, como outros ramos do conhecimento ligados à sociedade, a História do Pensamento Contábil é produto do meio social de seus usuários, em termos de espaço e de tempo.

A origem da Contabilidade está ligada a necessidade de registros do comércio. A prática do comércio não era exclusiva destes, sendo exercida nas principais cidades da Antiguidade. Deixando a caça, o homem voltou-se à organização da agricultura e do pastoreio. A organização econômica acerca do direito do uso do solo acarretou em separatividade, rompendo a vida comunitária, surgindo divisões e o senso de propriedade. A história da contabilidade é tão antiga quanto a própria história da civilização. Está ligada às primeiras manifestações humanas da necessidade social de proteção à posse e de perpetuação e interpretação dos fatos ocorridos com o objeto material de que o homem sempre dispôs para alcançar os fins propostos. 5 Um exemplo de mudança no sistema de avaliação na pós-Graduação Stricto Sensu brasileira foi o Seminário “Avançar para Melhorar”, promovido pela CAPES em Brasília-DF, de 9 a 10.11.2006.

Contabilidade Brasil

Portanto, é o contador o profissional capacitado para dimensionar a quantidade de recursos necessários para a formação do Capital Social na viabilização de um empreendimento. Também é o contador quem detém conhecimentos necessários para o devido enquadramento do objeto social da sua empresa no CNAE (Código Nacional de Atividades Econômicas). Qualquer enquadramento incorreto feito nesta esfera poderá causar grandes prejuízos à empresa. A sincronia de procedimentos, observando-se métodos, prazos e consequências, é de extrema importância para a obtenção de sucesso em um trabalho de legalização. Se algo sair errado poderá ocorrer dispêndio de tempo, dinheiro, multas, e outros prejuízos mais graves, como por exemplo, a perda de uma transação de negócios.

O encontro procurou discutir propostas para um avanço na reflexão sobre o crescimento do Sistema Nacional de Pós-Graduação. Todos os programas Stricto Sensu recomendados pela CAPES receberam convite para participar deste evento.

Com a análise correta dos dados levantados, é possível ver se a empresa trabalhou dentro do que foi planejado, se os gastos previstos passaram do limite e quais as expectativas para os próximos meses. A contabilidade é a área responsável por analisar os demonstrativos e os relatórios contábeis gerados nas ações anteriores. Com todos os dados, é possível apurar os resultados que foram obtidos e projetar números possíveis para o futuro. Por meio dos dados do Registro é possível verificar Escritório de contabilidade a saúde financeira de um negócio, observando o total de bens acumulados, o patrimônio líquido, o alcance de metas de aumento de lucro e quais os dividendos disponíveis para retirada. É possível, ainda, analisar se a empresa está gastando mais do que pode, dando tempo para que o gestor pense em estratégias de recuperação em casos mais críticos. A contabilidade de uma empresa é a área responsável por registrar e documentar todas as transações financeiras de uma organização.

Deixe um comentário